HomeCartão de CréditoEmpréstimoFinanciamentoInvestimentoMilhasNotícias
HomeCartão de CréditoEmpréstimoFinanciamentoInvestimentoMilhasNotícias

PIX terá novas regras e funções – veja aqui o que vai mudar para você

Anunciadas pelo Banco Central em agosto, as novas regras do PIX podem mudar um pouco como você usa o serviço.

novas regras pix

As novas regras do PIX servem para evitar roubos e tornar as transações mais seguras em todos os sentidos.

Publicidade


No dia 27 de agosto deste ano, o Banco Central anunciou algumas novas regras para o PIX, um serviço que vem facilitando a vida de muita gente.

Contudo, não se preocupe, porque a praticidade do PIX ainda continua!

Publicidade

Inclusive, foram anunciadas duas novas funções: saque e troco.

Publicidade


As novas regras servem para garantir mais segurança aos usuários, que vem adotando essa modalidade de transferência desde 2020.

Isso porque desde que o PIX começou a ser usado, aumentaram os números de sequestros relâmpagos que buscavam o PIX como uma forma fácil de tomar o dinheiro das vítimas.

Assim, as novas regras focam principalmente em restringir o valor das transições e também o horário.

Publicidade


Ficou curioso para saber exatamente o que vai mudar? Então, não deixe de conferir este artigo até o final!

Publicidade

Aqui você vai ver:

  1. Novas regras do PIX – principais mudanças
  2. Como funcionam as novas funções do PIX
Publicidade


Novas regras do PIX – principais mudanças

Basicamente, algumas mudanças serão realizadas neste novo sistema do PIX, sendo elas:

Publicidade
Publicidade


  • para MEIs e pessoas físicas, o limite de transferência será de R$ 1 mil por dia no período noturno, entre 20h e 6h;
  • as transferências terão um prazo de efetivação entre 24 e 48 horas;
  • os clientes poderão estabelecer seus próprios limites de transação entre os períodos noturno e diurno;
  • haverá um cadastro prévio das contas que poderão receber PIX acima dos limites acima estabelecidos, com um prazo de 24h para aprovação;
  • bloqueios temporários por 30 minutos durante dia ou por 1 hora durante a noite caso o banco note alguma movimentação suspeita no seu PIX.

Como funcionam as novas funções do PIX

Publicidade


Mais recentemente, o Banco Central também anunciou que o PIX terá duas novas funções, que valerão a partir de 29 de novembro: o saque e o troco.

Com o saque, você lê um QR Code em caixas eletrônicos que tenham o serviço, faz o PIX para o estabelecimento ou banco para o qual quer transferir e então retira essa quantia em notas no caixa.

Contudo, também por questões de segurança, esse saque tem um valor máximo de R$ 100 entre 20h e 6h e de R$ 500 ao longo do dia.

Publicidade


O troco, por sua vez, permite que você saque o troco de uma compra.

Funciona assim: você faz um PIX com o valor total (compra + troco) e pode sacar em dinheiro o valor que ficou como troco.

No extrato aparece pra você o que foi realmente gasto na compra e o que ficou como troco.

Publicidade


Nessa modalidade o valor máximo de transação e o horário disponível para o PIX são os mesmos da função saque.

E não haverá cobrança para pessoas físicas ou MEI para até oito transações por mês.

Ficou alguma dúvida?

Publicidade


O PIX é uma modalidade de pagamento que tem facilitado muito a vida das pessoas, assim, o estabelecimento destas regras e funções é algo bom!

E se você quer conhecer mais funções do PIX que podem facilitar o seu dia a dia, que tal ler este nosso artigo que explica como parcelar compras com o PIX?

Publicidade


É só clicar no link abaixo!

Por fim, não se esqueça de acompanhar todos os nossos conteúdos e ficar atento à sua caixa de e-mails para receber ofertas exclusivas!

scroll to top

Erro

Erro